Vingadores: a censura da HQ e o livro esgotado

Quando publiquei o texto “Os grupos de WhatsApp descobriram Hulkling e Wiccano” nunca imaginei até que ponto a história chegaria: a prefeitura de São Paulo censurando no Brasil uma história de 2010 que não causou polêmica nos Estados Unidos, seu país de origem, e que é muito elogiada no mundo todo.

Depois disto tivemos:

1) Bispo Marcelo Crivella, prefeito do Rio de Janeiro, pede que livro dos Vingadores vendido na Bienal seja recolhido

2) Livro que Crivella mandou recolher se esgota na Bienal do Rio. Prefeitura ameaça cassar licença da Bienal.

3) Prefeitura do Rio realiza fiscalização na Bienal do Livro contra conteúdo considerado ‘impróprio’. Todos os exemplares que estavam à venda em diferentes estandes da Bienal do Livro do Rio se esgotaram em pouco mais de meia hora.

Enquanto isso, em São Paulo: A história censurada dos Vingadores esgotou hoje em praticamente todas as bancas da Avenida Paulista que ainda tinham. Achei na banca em frente ao McDonald’s da Gazeta (foto principal desta postagem). Eram os últimos exemplares, e como é encalhe está por R$ 19,90. No Mercado Livre estão pedindo R$ 95.

Previous Article
Next Article

One Reply to “Vingadores: a censura da HQ e o livro esgotado”

Deixe uma resposta

Sobre o autor

David Denis Lobão