Jorge Mautner lança álbum com homenagem à Marielle Franco

Novidade para os fãs de Jorge Mautner, treze anos após o lançamento de seu último disco de estúdio – “Revirão” (2006) – o artista volta a publicar um repertório musical inédito.

“Não Há Abismo Em Que o Brasil Caiba” (Deck), cujo título é do filósofo português Agostinho da Silva, é um álbum produzido em parceria com o Tono, grupo de Bem Gil, Rafael Rocha, Bruno Di Lullo e Ana Lomelino, que vem acompanhando Mautner nos palcos desde 2013.

Segundo o release de divulgação, o Brasil é o tema central do disco em que Jorge não se cansa de saudar a Jesus Cristo e aos tambores do candomblé, em uma celebração incansável da amálgama brasileira, que o vem fascinando e servindo de inspiração ao longo de toda sua carreira.

Do ponto de vista da produção musical, o álbum traz pela primeira vez na discografia do Mautner uma canção gravada apenas com sua voz e o acompanhamento de seu próprio violão, “Destino”. O novo disco tem como faixa de abertura a música intitulada “Ruth Rainha Cigana”, feita por Jorge em homenagem a sua relação de mais de 50 anos com a companheira Ruth, mãe de sua filha Amora e avó de sua neta Júlia, também celebradas pela canção.

A notícia do assassinato da então vereadora Marielle Franco (durante o período de preparação do disco) fez Jorge “exterminar a doença mental, física e assassina do racismo, do anti-feminismo e do neonazismo”, como diz uma das canções.

Os primeiros shows do novo disco serão dia 23 de abril no Theatro NET Rio, no Rio de Janeiro, e dias 1 e 2 de maio no Sesc 24 de Maio, em São Paulo. “Não Há Abismo Em Que o Brasil Caiba” já está disponível em todas as plataformas digitais e também será lançado em CD pela gravadora Deck e em vinil pela Noize Record Club.

Previous Article
Next Article

Deixe uma resposta

Sobre o autor

David Denis Lobão