Esposa de Vange Leonel lança álbum perdido da cantora

Antes de Vange Leonel lançar a música “Noite Preta” (eternizada pela novela “Vamp”), a cantora montou a banda NAU, com Vange, Zique (guitarra), Beto Birger (baixo) e Kuki Stolarski (bateria). Agora, após 30 anos, um álbum perdido do grupo foi encontrado pela esposa de Vange, Cilmara Bedaque, lançado agora em todas as plataformas digitais pela Deck.

A história

Em 1988 um grupo paulista entrou em estúdio para gravar a demo de seu segundo álbum para a CBS. O trabalho foi concluído, mas não chegou ao público, foi rescindido o contrato com a gravadora e a banda acabou em 1989. Desde então, não se soube mais onde estava o registro. Essa é a história do novo disco do NAU.

Somente no ano passado, Cilmara, principal letrista do disco e viúva da cantora, encontrou dentro de uma caixa em sua casa o registro perdido de 1988. “A fita estava toda melada e eu não sabia se conseguiria recuperar. Levei então para o Carlinhos Freitas, do Classic Master, que havia trabalhado no primeiro álbum da banda. Ele conseguiu limpar, digitalizar e masterizar a fita para que esse disco chegasse ao público”, conta a compositora no release de divulgação do trabalho.

“O Álbum Perdido do NAU” foi gravado por Marcos Mattoli em seu Big Bang Studio (SP) com produção do NAU e Cilmara. Todas as faixas são inéditas, entre elas “Viagem ao Fundo do Mar”, “Me Pega“, Nas Dobras do Universo”, “Blues da Felicidade” e “Séculos & Séculos”. A capa é uma montagem com fotos, credenciais e ingressos para shows do NAU de trinta anos atrás assinada pelo baixista Beto Birger.

Previous Article
Next Article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre o autor

David Denis Lobão