Marília Mendonça vence boicotes e chega ao TOP mundial do Spotify

A cantora Marília Mendonça recebeu ataques na última semana após emitir opiniões políticas no Twitter. Ameaças de estupro e morte estavam dentre as mensagens que a artista recebeu nas redes sociais.

Marcelo Soares, presidente da Som Livre, quando recebeu o prêmio Multishow de melhor show em nome de Marília Mendonça, discursou: “Esse prêmio fala também em nome das mulheres cantoras, mulheres compositoras, mulheres musicistas, mulheres brasileiras, que têm o direito de expressar uma opinião sem ser alvo de ódio, de ameaça, ataque. Que essas conquistas não acabem nunca. Que ninguém se coloque na frente dessas conquistas. Porque não é justo e não é aceitável”.

Agora, uma vitória importante para Marília Mendonça. A cantora atravessou fronteiras e “Ciumeira”, lançada em agosto pela Som Livre entrou na lista TOP 200 do Spotify Mundo, feito realizado por apenas outros três artistas brasileiros.

Além do TOP 200 das mais tocadas, em 168º lugar, e TOP 50 Virais do mundo, a faixa ganha destaque no TOP 50 Viral da Holanda, Japão, Colômbia, Chile, Argentina, Uruguai, Portugal e Paraguai.

Além disso, a música é a mais escutada no Spotify Brasil, com média de 500 mil plays diários.

“Ciumeira” foi gravada na Praça do Relógio, em Belém (PA), num show surpresa aberto ao público que faz parte do projeto #TeVejoEmTodosOsCantos. A cantora deu as dicas pelas suas redes sociais, chegou na cidade para panfletar pessoalmente sobre a apresentação, e reuniu cerca de 20 mil fãs. O clipe já tem mais de 85 milhões de visualizações, apenas um mês após o seu lançamento. Atualmente, Marília é a mulher mais ouvida no YouTube Brasil. No último ano, ela acumulou 1,85 bilhão de visualizações em suas músicas na plataforma.

Foto – Crédito: Flaney / Divulgação

Previous Article
Next Article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre o autor

David Denis Lobão