Filmes ruins que valem a pena: “Os Sete Suspeitos”

No inicio da Rede TV!, a emissora era pequena e tinha poucas opções de bons programas. Tudo bem, a situação não mudou muito desde então, mas pelo menos naquela época ela exibia bons filmes, entre eles um muito reprisado era “Os Sete Suspeitos” (Clue).

O longa ia ao ar dentro do “TV Escolha“, sessão exibida somente aos domingos, onde três filmes eram exibidos nas tardes entre 14h e 20h, com o sorteio de dois filmes em cada sessão apresentados pelo crítico de cinema Rubens Edwald Filho.

O filme é baseado no famoso jogo de tabuleiro “Detetive” (Clue), criado pelos Irmãos Parker e lançado no Brasil pela Estrela. O longa conta a história de seis pessoas que foram convidadas para jantar em uma estranha casa, depois de receberem cartas de um homem. Sem saber o motivo do convite, elas recebem um estranho presente: armas letais, o que acaba levando a assassinatos e um conhecido mistério no ar “Quem matou quem? Usando que arma? Quem ficará vivo no final?”. São sete possíveis criminosos (incluindo o mordomo), dentre eles figuras clássicas como o Coronel Mostarda e a Dona Violeta.

O filme tem seus momentos fracos e na tentativa de misturar suspense com humor fica frustrante as vezes, mas o elenco estrelar segura bem as pontas com Eileen Brennan, Christopher Lloyd, Madeline Kahn, Michael Mckean, Tim Curry e Lesley Ann Warren. A direção de Jonathan Lynn compensa as falhas do roteiro, que ‘força a amizade’ ao adaptar o jogo para a telona.

Na ocasião do lançamento original do longa nos cinemas (em 1985), três finais diferentes foram criados para manter o suspense. Sendo assim você entrava em uma sessão, sem saber que fim aquela sala iria exibir. Tanto na transmissão pela Rede TV!, quanto no DVD lançado no Brasil pela Paramount, os três finais gravados estão disponíveis no final do filme, garantindo uma diversão a mais para o telespectador detetive.

Sem dúvida um clássico das tardes de domingo da década de 90, que hoje em dia com classificação indicativa só poderia ser exibido após as oito da noite, por conta das cenas de assassinatos. Bons tempos da Rede TV!…

Previous Article
Next Article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre o autor

David Denis Lobão